Vitamina D Para Que Serve?Qual a Importância e Benefícios?

Atualmente, nossa vida é uma loucura e vivemos sempre em uma correria desenfreada a fim de solucionarmos todos os problemas e desafios do dia a dia. Diante desta situação, fica difícil arranjar um tempinho para tomar aquele banho de sol ou até mesmo se alimentar corretamente, o que acaba gerando deficiência de vitaminas no organismo. Pois saiba que é preciso mudar. Conheça aqui, os benefícios da vitamina D e comprove.

Vitamina D Presente em Todo Lugar de Graça

A maior fonte de vitamina D é nosso Sol, que brilha durante todo o dia, proporcionando a quantidade necessária de nutrientes que o corpo precisa. Com a devida precaução, um belo banho de sol repõe a carência dessa vitamina ao organismo, e o melhor, você nem ninguém precisa pagar nada por isso, pois a menos que esteja nublado ou chovendo, ele está lá esperando você.

Benefícios da vitamina D

Há pouco tempo atrás, pensava-se que essa vitamina era necessária apenas aos dentes e ossos evitando assim, a osteoporose, porém uma série de estudos revelou que essa substância vai muito além disso. De acordo com os pesquisadores, é possível aumentar o ganho de tônus muscular, ajudar a emagrecer, fortalecer o sistema imunológico prevenindo não só gripes e resfriados como também a hipertensão e diabetes.

Mas não é só isso que a vitamina D proporciona ao nosso organismo, ela ainda auxilia no tratamento de diversos tipos de câncer e surpreendentemente está ligada a uma vida mais saudável e duradoura.

Triste Realidade atual

Pois é, infelizmente hoje em dia, praticamente em todo o globo, as pessoas trabalham cada vez mais em locais fechados, sem se alimentar corretamente o que acaba elevando o número de obesos e pessoas com colesterol alto, gerando uma taxa de mortalidade entre indivíduos cada vez mais jovens.

A Bola da Vez

Diante desta situação, é claro que muitas pesquisas atuais estão voltadas aos estudos sobre a importância da vitamina D ao organismo. Isso gera uma série de novas descobertas, que auxiliam no tratamento de gestantes e lactantes por exemplo.

Descobriu-se que a falta da vitamina favorece a pré-eclâmpsia, que é a elevação da pressão arterial a níveis mais críticos (entre 140/190 mmHg) aumentando as chances de aborto e comprometendo o desenvolvimento do feto. Com o aumento da pressão arterial, existem mais chances da criança desenvolver autismo. Por esta e outras razões, é preciso consumir esse elemento essencial ao corpo buscando o equilíbrio necessário ao organismo.

Como Identificar a Carência de Vitamina D

De acordo com profissionais da área e através de estudos realizados por instituições renomadas, é possível identificar a falta de vitamina D através de alguns sinais dados pelo nosso corpo, dentre os quais podemos destacar:

  • Asma, depressão, fraqueza muscular;
  • Doenças cardiovasculares e respiratórias;
  • Raquitismo, osteoporose;
  • Diminuição de fósforo e cálcio no sangue;
  • Enfraquecimento dos ossos e até câncer.

Estes são alguns dos diversos fatores que comprovam a necessidade da vitamina D em nosso organismo, por isso é preciso procurar suprir toda e qualquer necessidade do componente em nosso corpo.

Como Faço Para Regular os Níveis de Vitamina D

Como falei anteriormente, a melhor e mais barata solução é a exposição moderada e com proteção, aos raios solares. Geralmente, cerca de 15 a 20 minutos de um belo banho de sol já são suficientes. Mas lembre-se, de nada adianta sair de calça e camiseta pois quanto mais partes do corpo estiverem expostas, maior será a absorção da vitamina d pela pele.

Você também pode optar pelo consumo de alimentos de origem animal, como sardinha, atum, carne bovina e ovos, claro que de forma moderada e equilibrada. O excesso pode aumentar os níveis de gordura saturada no corpo causando sérios problemas à saúde.