Vitamina B6: saiba mais sobre uma das vitaminas do complexo B

Continuando com a sequência de matérias sobre as vitaminas do complexo B, no artigo de hoje vamos ficar por dentro de informações bem relevantes no que diz respeito à vitamina b6. Saiba quais estudos se desenvolveram recentemente, doses diárias indicadas, onde encontrar e muito mais a respeito desse tópico. Confira!

Vitamina b6: estudos avançados no Líbano

Se você acompanhou os artigos anteriores, viu que as vitaminas B tem como uma de suas funções primordiais o controle do colesterol. E agora um novo estudo realizado no Líbano sugere que a suplementação de vitamina B6 em pacientes masculinos com colesterol alto pode reduzir as concentrações plasmáticas de colesterol total e colesterol HDL. Agora sim foi comprovado!

vitamina b6 para que serve

No ensaio clínico, 85 pacientes do sexo masculino em torno de 50 anos de idade que sofrem de concentrações elevadas de triglicérides no sangue (acima de 150 mg / dL) receberam suplementos de lisina, B6, carnitina ou placebo por 12 semanas. O perfil lipídico (triglicérides, colesterol total, e colesterol LDL e HDL) e glicemia de jejum dos participantes foram avaliados no início do estudo e em seis e 12 semanas.

Os resultados do estudo mostraram que a suplementação de vitamina B6 foi associada com uma redução significativa no colesterol total e no colesterol HDL de cerca de 10%. Além disso, a concentração plasmática de triglicérides foi reduzida em 36,6 mg / dL em seis semanas, enquanto os níveis no grupo placebo aumentaram em 18 mg / dL; essa diferença não alcançou significância estatística. Não foram observadas alterações importantes no perfil lipídico nos grupos lisina e carnitina ou quando a lisina foi adicionada à vitamina B6.

PROPAGANDA

O Porquê do problema

Os pesquisadores comentaram que no Líbano essa questão de hipertrigliceridemia com maior incidência no sexo masculino (52,4% em homens) está associada a uma alta porcentagem de energia ingerida a partir de carboidratos, em que os cereais e produtos de cereais são o principal componente. Esses produtos são consumidos principalmente por indivíduos com status socioeconômico baixo a moderado. Além disso, mulheres libanesas pré-menopausadas de nível socioeconômico baixo a moderado têm baixos níveis de vitamina B6 e altos níveis de triglicérides no plasma.

A elevação dos triglicérides pode ser o resultado de causas primárias (vários defeitos genéticos) ou secundárias, como obesidade, diabetes, uso excessivo de álcool, ingestão elevada de carboidratos e uso de certos medicamentos. Quanto à vitamina B6, ela é necessária para a síntese de carnitina, o que implica que baixos níveis de vitamina B6 podem prejudicar a síntese de carnitina e, consequentemente, alterar o perfil lipídico.

Falta de vitamina B6: causas

Por ser encontrada em diversos alimentos, a deficiência grave de vitamina B6 não é muito comum. Acredita-se que os alcoólatras correm maior risco de deficiência de B6 devido à baixa ingestão dietética e ao metabolismo prejudicado da vitamina. Além do abuso do álcool, distúrbios genéticos, doenças do fígado, diálise renal, artrite reumatóide podem causar deficiência.

Sintomas da falta de vitamina b6

Em alguns estudos de carência de vitamina B6, sintomas neurológicos, como irritabilidade, depressão e confusão foram observados. Sintomas adicionais incluem inflamação da língua, feridas abertas (úlceras) dentro da boca e pequenas feridas nos cantos da boca.

Outros sintomas da falta de vitamina b6 são:

Quando falta vitamina b6 no organismo, além do quadro sintomático que citei acima, pode ocorrer também: dor de cabeça, espasmos musculares, dificuldade de locomoção, convulsões, depressão e confusão.

Alimentos fonte de vitamina B6: onde encontrar

A B6 só pode ser obtida por meio da alimentação, pois nosso corpo não é capaz de produzi-la. Essa informação é muito importante para você guardar e compartilhar com conhecidos.

Dentre os principais alimentos fonte de vitamina B6, podem ser citados os seguintes:

  • batata
  • espinafre
  • banana
  • frango
  • peru
  • salmão

alimentos que contem vitamina b6 onde encontrar

As pessoas que seguem uma dieta vegetariana muito restrita podem precisar aumentar sua ingestão de B6, tomando um suplemento, por exemplo.

Dose diária

Entre vários fatores que provavelmente afetam a necessidade individual da vitamina, a ingestão de proteína tem sido a mais estudada. O aumento de proteínas na dieta resulta em um aumento da necessidade de vitamina B6.

Estudos metabólicos sugerem que mulheres jovens precisam de 0,02 mg de vitamina B6 por grama de proteína consumida diariamente. Usando o limite superior para níveis aceitáveis de ingestão de proteína para mulheres (100 g / dia), a necessidade diária de vitamina B6 para mulheres jovens seria calculada em 2,0 mg.

Outros estudos metabólicos também indicaram que a necessidade da vitamina em adultos (mais velhos) é de aproximadamente 2,0 mg diários. Vale lembrar que embora a ingestão da vitamina de 2,0 mg por dia seja ligeiramente superior à dose diária mais recente, é 50 vezes inferior ao nível máximo de ingestão tolerável.

Veja Também:

 Os Benefícios da Vitamina B e Suas Funções.

 Para que serve a Vitamina b1, alimentos e onde encontrar

 Vitamina B2: Tudo sobre a Riboflavina!

 Vitamina B3: Para que Serve, Onde Encontrar nos Alimentos.

 Vitamina b5: para que serve, onde encontrar nos alimentos

 Vitamina B7: para que serve, alimentos fonte e seu terrível efeito colateral

 Alimentos Ricos em Vitamina B12 | Para Que Serve?

 O que é ácido fólico e para que serve? (B9)

Prontinho. Agora você já sabe o essencial em se tratando de b6 e, como vimos, já que nosso organismo é incapaz de criá-la, não deixe de inserir em suas refeições os alimentos ricos em vitamina b6 e/ou de usar polivitamínicos.

 

PROPAGANDA