Bem Estar Doenças

Depressão: Sintomas Físicos e Psicológicos

Depressão: Sintomas Físicos e Psicológicos
Gostou! Classifique

A depressão está presente nos quatro cantos do mundo e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 5,8% dos brasileiros tem a doença. No mundo, são mais de 320 milhões de pessoas com depressão e os números não param de crescer.

O que é depressão?

A depressão é uma doença psiquiátrica, um distúrbio causado por uma menor capacidade que o indivíduo tem de produzir alguns neurotransmissores como a serotonina e a noradrenalina. A patologia pode ficar “adormecida” na mente da pessoa, mas certos acontecimentos pode ativá-la.

tratamentos para depressão

É preciso diferenciar a tristeza da depressão. Enquanto uma é um sentimento comum e até benéfico para o ser humano, a outra é uma patologia e que só traz consequências negativas.

Por exemplo, é normal ficar triste, por um certo tempo, por conta de uma doença ou morte na família. Porém, quando essa tristeza perdura por mais tempo, torna-se algo incomum e a pessoa pode ser diagnosticada com depressão.

Quais são os sintomas físicos e psicológicos da doença?

Apesar de ser uma patologia de fundo emocional, a depressão pode causar problemas físicos e alterar, consideravelmente, toda a nossa rotina. Veja agora quais são os sinais e sintomas que ela causa e saiba identificar a doença.

Sintomas físicos

  1. Cansaço

O portador de depressão sente-se constantemente cansado por mais que não faça nenhum tipo de atividade física. São pessoas que tendem a ficar muito mais quietas, em silêncio e afastada de todos. O resultado disso é a queda de produtividade no trabalho e isolamento social já que a pessoa passa a não sair mais com os amigos.

  1. Problemas com o sono

Aqui podemos observar os dois lados da moeda: ou o depressivo sente sono o tempo todo ou não tem vontade de dormir. É um dos motivos pelo qual o portador sente-se cansado e fadigado o tempo inteiro. Como o seu ciclo do sono foi modificado, o corpo não consegue descansar como deveria.

  1. Dores pelo corpo

O depressivo passa a sentir dor em várias partes do corpo. Dor de cabeça, dor nas costas, dor abdominal, entre tantas outras. Caso a pessoa vá ao médico e não seja possível diagnosticar nenhuma patologia de causa física, talvez seja interessante consultar o psiquiatra.

Sintomas psicológicos

  1. Dificuldade para se concentrar

A pessoa torna-se esquecida, começa a cometer erros bobos, principalmente no ambiente de trabalho, fica adiando decisões, troca o nome de pessoas e parece ficar distraída quase todo o tempo. Além disso, os pensamentos parecem confusos e pode virar motivo de piada entre os conhecidos.

  1. Pensamento suicida

Infelizmente, a depressão está intimamente ligada a pensamentos suicidas. Para muitos indivíduos que têm a doença, tirar a própria vida passa a ser a solução mais lógica para acabar com a dor e o sofrimento que sentem.

  1. Perda de interesse

Nem mesmo aquelas coisas que a pessoa sempre gostou de fazer interessam mais. Ela não sente mais vontade de sair com os amigos, assistir a um filme no cinema, viajar, trabalhar, estar com a família e tudo mais.

Depressão tem cura?

A depressão é uma doença crônica e não tem cura. A patologia se forma por uma junção de fatores sendo um deles o genético. Assim, pessoas que nasceram com a capacidade reduzida para sintetizar certos tipos de neurotransmissores devem estar sempre em tratamento.

Os medicamentos antidepressivos agem justamente nisso: fazer o corpo produzir mais dopamina, serotonina e noradrenalina. O acompanhamento psicológico também é necessário, especialmente nas fases mais agudas da doença. Outros fatores precisam ser modificados como, por exemplo, iniciar uma prática de exercícios físicos e se esforçar para voltar a ter uma vida mais equilibrada.

Especialista no Assunto Fala mais Sobre os Sintomas de Depressão.

Leia Também:

Sabia que a depressão pode estar intimamente relacionada com a ansiedade? Saiba como controlá-la!

Comentários no Facebook

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.