Pré-diabetes Qual o Tratamento Ideal?

O Que é a Pré-Diabetes?

A pré-diabetes nada mais é do que uma situação clínica que costuma preceder um diagnóstico definitivo da diabetes, no caso da diabetes tipo 2. É nessa fase que o corpo dá sinais de que algo não vai bem na metabolização da glicose que entra no organismo, os níveis de açúcar começam a subir, assim como os níveis de insulina. Nessa fase o pâncreas começa a produzir insulina descontroladamente, na tentativa de controlar a situação e não se instaurar um quadro de hiperglicemia.

Quais as causas da pré-diabetes?

De modo geral o histórico familiar e a genética do paciente é o que mais conta, mas o fato da pessoa engordar, se alimentar de maneira desregrada e não praticar exercícios físicos podem acarretar no desenvolvimento da pré-diabetes. Além disso, também entram nessa soma a hipertensão arterial, a síndrome dos ovários policísticos no caso de mulheres e o aumento dos níveis de triglicérides no sangue. Não há como se apontar uma única causa, visto que a diabetes é uma doença que tem diversas razões para acontecer.

Quais os sintomas da pré-diabetes?

Essa condição não costuma ser acompanhada de sintomas. A forma pela qual o diagnóstico se dá é portanto através de exames. O principal deles é o teste de glicemia de jejum, que se aparece como 100/125 mg/dL demonstra uma alteração, que pede um segundo exame. Se no segundo exame feito na hora seguinte a glicemia estiver entre 140/199 mg/dL pode ser dado o diagnóstico de pré-diabetes.

Outro exame possível é o de hemoglobina glicada, que se estiver entre 5,8% e 6,4% também indica pré-diabetes.

Qual o Tratamento Ideal?

A indicação principal que os médicos dão num caso de pré-diabetes é que os pacientes comecem a mudar os seus hábitos e costumes, ou seja, que transformem seu estilo de vida. Para começar, fazer uma dieta que reduza o consumo de calorias, de gorduras saturadas e de carboidratos, especialmente os simples, que contém mais açúcar. Além disso é indicada a prática de exercícios físicos. Em alguns casos pode ser indicado o uso de uma medicação específica, com o fim de conter o avanço do quadro.

As dificuldades da pré-diabetes

O principal risco inerente a quem sofre com essa doença é vir a desenvolver a diabetes de fato. Infelizmente isso acontece muito, porque a maioria dos pacientes que está em pré-diabetes não tem acesso a esse diagnóstico, então não se trata de maneira a evitar a progressão do quadro e a instalação da diabetes em si.