Nutrição Funcional o Que é, e Como Funciona?

Desenvolvida nos Estados Unidos, a nutrição funcional caiu no gosto da população brasileira e hoje é sucesso no País. Entretanto, ainda existem dúvidas sobre a diferença da nutrição tradicional para este tipo de técnica.

Nutrição Funcional x Nutrição Tradicional

A principal diferença é que a funcional busca trabalhar de forma a integrar todos os sistemas do corpo, desde a parte emocional até a parte fisiológica e do metabolismo, e precisa ser acompanhada por um nutricionista especializado, que indique o tipo certo de alimentos necessários para alcançar o objetivo final, que é melhorar o funcionamento do organismo.

Dessa forma,a junção de todos esses fatores contribui para um resultado integrado, onde todo o corpo responde de forma eficaz, contribuindo para o emagrecimento e melhoria da saúde e qualidade de vida.

Esse tipo de nutrição, acompanhada por uma nutricionista funcional, que desenvolve uma dieta adequada para cada pessoa, ajuda a melhorar problemas como mal-estar e dores de cabeça, problemas do dia a dia que são considerados normais para algumas pessoas, mas que são prejudiciais para a saúde e podem se agravar ao longo dos anos.

O princípio desse tipo de alimentação é que os alimentos atuam em conjunto no nosso organismo, e podem ter seus efeitos benéficos ampliados ou os efeitos maléficos diminuídos de acordo como cada um é ingerido, e com qual outro é ingerido.

Exercícios Mais Alimentação Adequada

Pessoas que têm tendência a alguma doença hereditária conseguem, muitas vezes, evitar o desenvolvimento do problema somente com uma alimentação rica e balanceada. O objetivo aqui não é deixar de comer, já que esse tipo de dieta não funciona pra todos e não tem efeitos a curto prazo. A ideia é que a pessoa integre uma rotina saudável com a união de exercícios e alimentos ricos naquilo que é necessário para o organismo, que auxiliem na desintoxicação.

Qual a Função da Nutrição Funcional?

É bom deixar claro que a nutrição funcional não tem como principal objetivo o emagrecimento, mas sim melhorar o bem-estar e o metabolismo do corpo humano. Nesse caso, o emagrecimento acaba sendo consequência, já que as toxinas presentes no organismo também colaboram para a obesidade, diabetes, entre outros problemas. Outro ponto importante é que a base da dieta não é contar as calorias ingeridas, reduzindo ao máximo a alimentação, mas sim trabalhar a desintoxicação para que o corpo trabalhe cada vez melhor eliminando aquilo que é ruim.

Importância dos Alimentos na Nutrição Funcional

Cada vez mais conhecidos, os sucos detox são uma ótima pedida para quem deseja começar a aderir a nutrição funcional. Além disso, os sucos caíram na graça de famosas, modelos e mulheres por todo o mundo.

A união de frutas e verduras no suco, são ricas em nutrientes, ajudam a diminuir o inchaço e auxiliam na absorção do que é bom para o organismo.

Existem diversas opções e variedades que podem ser encontradas no mercado ou feitas em casa. Outros aliados também são suplementos vitamínicos em cápsulas ou probióticos, que potencializam a ação dos alimentos, ajudam na desintoxicação, e melhoram a saúde do intestino. Vale lembrar que exercícios físicos também são importantes aliados, pois ajudam a acelerar o ritmo do corpo.

Assuntos Relacionados:

Nutricionista | Saiba tudo Sobre Essa Profissão

Nutricionista BH | Conheça as Melhores Clinicas