Mel: Propriedades, Benefícios e Malefícios.

A presença do mel nas nossas vidas ocorre desde a pré-história e, com o passar do tempo, aprendemos a lidar com as abelhas e extrair esse precioso alimento das colmeias sem danificar o ambiente delas. Quanto à produção do mel, os egípcios foram os pioneiros.

Aprenda um pouco mais sobre esse alimento e todos os benefícios que ele pode trazer para a sua saúde!

Mel: Propriedades

Esse líquido adocicado é produzido com diferentes tipos de carboidratos sendo que, em sua composição, há predominância de monossacarídeos como a glicose e a frutose. Além desses nutrientes, o mel também apresenta proteínas, sais minerais (selênio, cobre, ferro e fósforo), outros açúcares como a maltose e aminoácidos.

Além desses nutrientes, há outros de extrema importância como os antioxidantes (flavonoides e compostos fenólicos) e vitaminas como algumas do complexo B e também a vitamina C. A coloração do líquido pode dar algumas informações importantes. Por exemplo, quanto mais escuro ele é, significa que possui mais sais minerais e, quanto mais claro, mais vitamina C há em sua composição.

Os benefícios e malefícios do mel

mel beneficios e maleficios

PROPAGANDA

Primeiro, falaremos dos benefícios do mel que são muitos:

Faz bem para os pulmões

O mel de abelha possui ação antibacteriana e, alguns estudos já conseguiram demonstrar que ele consegue atacar e destruir alguns tipos de bactérias típicas do sistema respiratório. Por exemplo, os agentes invasores que causam infecções respiratórias diversas, sinusites, pneumonia e tuberculose.

Lembrando que o mel não promove a cura, pois não consegue destruir todas as bactérias presentes em uma infecção. Ele ajuda a aliviar o desconforto e a cura virá por meio do tratamento indicado pelo médico.

Previne algumas doenças

Doenças cognitivas, ou seja, que afetam a mente como o Mal de Alzheimer, também estão ligadas à presença de uma grande quantidade de radicais livres na corrente sanguínea. Assim, por ser rico em carotenoides, flavonoides, algumas enzimas específicas como a glicose oxidase e outras substâncias, o mel ajuda a eliminar os radicais livres e assim, previne diversas doenças crônicas.

O mel melhora a qualidade do sono

Quem tem dificuldade para dormir, pode aproveitar os benefícios do mel e melhorar a qualidade do sono durante a noite. Ele estimula a síntese de serotonina, um neurotransmissor diretamente relacionado à sensação de prazer e bem-estar. Assim, você se sentirá mais relaxado e confortável, conseguindo uma noite de descanso melhor.

Quanto aos malefícios, por mais que o mel seja rico em bons nutrientes, ele também pode causar prejuízos em determinadas situações. O grande problema são as taxas de açúcar presente nesse alimento, fazendo com que ele não seja tão melhor que o xarope de milho ou o açúcar refinado, por exemplo. O grande problema é a presença da frutose em grandes proporções.

Veja com mais detalhes outros malefícios do alimento.

Benefícios do mel para a pele

A presença dos antioxidantes no mel ajuda a retardar o envelhecimento celular e assim, a sua pele fica mais bonita e jovem por mais tempo. Ele também costuma ser utilizado pela indústria de cosméticos, utilizando-o em cremes para o corpo e sabonetes.

Também é um ótimo agente natural para o caso de feridas e queimaduras, agindo como um excelente cicatrizante. A presença de açúcares facilita a ação das células epiteliais fornecendo a elas mais energia. Além disso, a ação antibacteriana do mel também ajuda no controle de certas bactérias que causam ferimentos na pele como o Staphylococcus aureus.

Quantidade de mel por dia

Mas então, quanto consumir por dia para não ter prejuízos por conta das doses de frutose e glicose presente nesse alimento? O máximo recomendado fica entre 1 colher de chá (10 gramas) e 1 colher de sopa (25 gramas aproximadamente). Como estamos falando de açúcar, o melhor é que o mel seja consumido numa refeição saudável com frutas ou iogurte integral.

Leia Mais:

 Adoçante: qual a melhor marca? Faz mal? É melhor que açúcar? Confira!

 Açúcar Mascavo nos Traz Mais Vitaminas e Minerais

 Antibióticos Naturais Para Garganta, Feridas e Infecção Urinaria.

 Geleia Real Para Que Serve? Benefícios e Como Usar

A frutose realmente é um vilão? Saiba mais sobre esse açúcar e qual a melhor forma de consumi-lo sem maiores prejuízos!

PROPAGANDA