Hidrolipo: O que é e como funciona?

Os tratamentos estéticos nunca foram tão usados pelas pessoas como hoje. Eles estão se tornando cada vez mais rápidos e menos invasivos para receber assim, mais adeptos. A hidrolipo, por exemplo, é uma forma de remover aquela gordura localizada indesejável com menos intervenção cirúrgica.

Ficou interessado? Quer saber mais sobre esse tratamento? Então continue a sua leitura!

O que é a hidrolipo?

hidrolipo antes e depois fotos

Hidrolipo antes e depois fotos

É um tipo de lipoaspiração e quase tudo funciona da mesma forma que procedimento cirúrgico já bastante conhecido. A principal diferença aqui é que para promover a anestesia do paciente, é utilizada uma substância – solução tumescente – que é anestésica.

Se formos observar bem, não há uma grande variação entre essa técnica e a tradicional e, por isso, os médicos, costumam criticá-la.

É indicada para quais situações?

  • Essa técnica é indicada para aquelas pessoas que desejam remover uma pequena porcentagem da gordura localizada. Assim, ela remove uma quantidade menor de gordura se comparada à lipoaspiração convencional.
  • Algumas pessoas podem estar se perguntando qual é o sentido de fazer a hidrolipo já que a lipoaspiração oferece um resultado melhor. Muita gente usa esse tipo de procedimento como o ponta pé inicial para uma mudança de vida, sem precisar passar por um processo tão invasivo quanto a cirurgia de lipoaspiração.
  • Assim, fica mais fácil começar uma mudança de hábitos alimentares e a praticar exercícios, seja para melhorar o que já começou, seja para manter.

Como é o procedimento?

A primeira coisa a se fazer é buscar por um profissional capacitado e especialista no assunto. No caso, o cirurgião plástico é o mais capacitado para realizar o procedimento. Você pode fazer a sua busca no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica que é onde estão os melhores da área.

O primeiro passo numa cirurgia de hidrolipo é sedar o paciente (isso não é uma regra) e aplicar a substância anestésica na região que se deseja remover a gordura. Alguns cirurgiões realizam-na no próprio consultório, mas para isso, é necessário ter o aval da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O médico também pode escolher entre não fazer uma única cirurgia, mas sim várias menores em alguns intervalos de tempo (meses).

Ela pode ser aplicada nas seguintes partes do corpo:

  • Papada;
  • Região interna das coxas;
  • Axilas;
  • Costas;
  • Culotes;
  • Flancos, ou seja, na cintura;
  • Abdome;

O tempo que a cirurgia leva para ser concluída vai depender muito do local na qual será aplicada, afinal de contas, alguns possuem mais gordura para ser aspirada que outros.

Como é o pós-operatório?

Muito do sucesso da cirurgia depende desse momento, portanto, é de extrema importância que o paciente siga todas as instruções do médico.

Mas não se preocupe. Como a hidrolipo é uma cirurgia de menor porte, o tempo de recuperação é consideravelmente menor que o de uma lipoaspiração. O tempo de afastamento do trabalho é apenas de 3 a 4 dias, um curto período, o inchaço e manchas que costumam aparecer logo após a cirurgia (afinal de contas, o tecido foi “lesionado” no meio desse processo), também regridem rapidamente.

Aqui também será necessário o uso da cinta compressiva de 30 a 60 dias e só quem pode te liberar dela é o seu cirurgião. Como cada organismo tem um ritmo diferente de recuperação, o médico avaliará cada caso. Ela tem como principal objetivo reduzir o edema que normalmente se forma na maioria dos procedimentos cirúrgicos.

É possível também investir em drenagem linfática para acelerar a recuperação e reduzir o inchaço e o retorno ou início das atividades físicas só podem acontecer depois de 20 a 30 dias a partir do procedimento.

Antes de Fazer a Hidrolipo, Conheça as Dicas e Cuidados Importantes.

Leia Também:

Além da hidrolipo, existem outros procedimentos como a criolipólise, que podem te ajudar na redução da gordura localizada. Saiba como agora mesmo!