Glúten Faz Mal?Porque Ele é o Grande Vilão na Alimentação?

Nunca a palavra glúten foi tão mencionada pela mídia como nos dias atuais. Ele é hoje considerado o grande vilão das dietas para emagrecimento. Mas e você já tem uma opinião formada sobre ele? Conheça aqui tudo sobre este assunto e tire suas próprias conclusões.

 O Que é o Glúten?

É a proteína presente nos cereais, trigo, cevada e aveia. Ou seja, quase todos os alimentos do seu dia-a-dia contém esta proteína como:

glúten

Alimentos que podem conter glúten

– Macarrão;

– Pizza;

PROPAGANDA

– Bolachas;

– Pães;

– Bolos;

– Cerveja;

– Queijos, Ketchup, maionese, shoyo;

– Molho branco;

– Sopas desidratadas ou temperos prontos;

– Salsicha entre outros

Entenda Porque o Glúten é o Grande Vilão na Alimentação!

 O glúten é  o grande vilão, isso porque as pessoas muitas vezes sem saber tem uma doença auto-imune que provoca danos nas vilosidades do intestino. Essa doença é conhecida como doença celíaca.

Para os celíacos o glúten provoca uma irritação nas paredes do intestino. Ocorre então uma diminuição das vilosidades intestinais e consequentemente a má absorção de nutrientes. Dentro do organismo do celíaco esta proteína é realmente vista como uma vilã, um corpo estranho.

Como mecanismo de defesa ele produz anticorpos para combater esta “inimiga”. Por ser auto-imune esta doença não tem cura e sim tratamento.

Como Saber se Você tem a Doença Celíaca?

Na maioria das vezes a doença celíaca não manifesta sintomas. Uma pessoa pode passar anos sem saber que tem a doença. Isto é muito individual, por isso é importante que ao observar algum tipo de desconforto após a ingestão de alimentos com a proteína do trigo você busque por acompanhamento médico e nutricional.

Em algumas pessoas a doença celíaca pode causar:

– Diarreia;

– Gases;

– Vômito;

– Perda de peso;

– Fraqueza;

– Fadiga;

– Ausência de menstruação;

– infertilidade;

– Irritação;

– Depressão.

A má absorção de nutrientes causada pela doença pode levar também a alguns prejuízos à sua saúde como:

Osteoporose;

Anemia;

– Infertilidade;

– Comprometimento do crescimento em crianças.

 Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito através de:

– Testes de anticorpos sanguíneos;

– Uma biopsia do intestino;

– A retirada temporária do glúten para avaliar os sintomas e se eles melhoram mediante a ausência dele.

Como Tratar a Doença Celíaca?

O objetivo do tratamento é retirar o glúten da alimentação para diminuir os sintomas. No início do tratamento também são retirados o leite e seus derivados. É uma maneira de poupar o intestino que fica e um processo inflamatório. De acordo com a tolerância de cada um, o leite e seus derivados são reintroduzidos aos poucos na alimentação.

Como Deve ser Então Uma Alimentação Sem Glúten?

Estão proibidos:

Aveia;

– Centeio;

– Cevada;

– Alimentos industrializados;

– Bebidas industrializadas;

– Carnes à milanesa (por conter farinha de trigo);

– Farinha de rosca. Isto mesmo!

Partindo do princípio que a farinha de rosca é feita do pão e que o pão é feito com farinha de trigo este alimento não deve fazer parte do cardápio. Um simples resquício de qualquer alimento proibido no prato de quem é celíaco pode ser o suficiente para gerar problemas. Por isso em caso de receber o diagnostico da doença é preciso comunicar as pessoas ao seu redor. Assim aqueles que convivem com você poderão te ajudar a ficar livre dos sintomas desagradáveis da doença.

O Que um Celíaco Pode Comer?

É importante como já dissemos ter um acompanhamento nutricional. O profissional irá elaborar um plano alimentar específico que atenda às suas necessidades, nas quantidades adequadas e que se encaixe a sua rotina. Mas em geral você está liberada (o) para comer:

– Arroz e creme de arroz;

– Milho e maisena

– Quinoa

– Amaranto

– Feijão

– Ervilha

– Grão de bico

– Lentilha

– Trigo sarraceno

– Batata comum

– Batata doce

– Mandioca

– Inhame

– Cará

– Polvilho

– Goma de tapioca

– Fécula de batata

– Sago

– Pães sem a proteína do trigo

– Biscoito de polvilho, soja, de arroz e milho.

– Massas sem a proteína do trigo

– Tapioca

– Queijos.

Você também pode beber:

– Água

– Água de coco

– Suco de frutas

– Iogurtes

– Leite com baixa lactose

– Leites vegetais (como o de coco, castanha, gergelim, arroz ou de soja).

Quanto aos temperos estão liberados:

As ervas aromáticas como alecrim, manjericão, orégano e outros como alho, cebola, tomate, pimenta e azeite de oliva.

Caso seja celíaco e não consiga viver sem doce pode comer:

– Chocolate amargo;

– Geleia de frutas sem adição de açúcar;

Alfarroba.

A melhor dica é ficar atento ao rótulo dos alimentos, onde por lei de acordo com a Anvisa é obrigatória informação se o alimento é livre ou não de glúten.

Temos uma ótima notícia para você: As frutas, hortaliças (verduras e legumes) e as frutas oleaginosas podem ser consumidas sem nenhum tipo de restrição.

O Glúten e o Emagrecimento Qual a Relação?

Você já deve ter percebido que retirar o glúten da dieta virou uma rotina na vida dos amantes da boa forma não é mesmo?

Entenda um pouco a relação que ele tem com o emagrecimento. Muitas pessoas retiram esta proteína da dieta para perder peso. Na verdade esta proteína em si não engorda o que engorda são os excessos alimentares. Entre estes excessos está o de carboidratos.

E mais! O glúten pode sim levar ao ganho de peso, mas não por ser calórico e sim por fazer parte dos alimentos que em sua maioria são calóricos e pobres em nutrientes. Se você não for celíaco o ideal é sempre optar pelo equilíbrio de nutrientes da sua alimentação. 

Cuidado ao Retirar o Glúten dos Alimentos!!

Ao retirar esta proteína automaticamente estará retirando os carboidratos da dieta que são fonte de energia para o seu organismo. Isto pode te causar carências nutricionais.

Quer emagrecer? Que tal então fazer substituições inteligentes. Substitua os alimentos à base de farinha branca pelos integrais. Desta forma você vai reduzir o valor calórico da sua alimentação e ainda ganhar mais saúde através das fibras presentes nestes alimentos. O que naturalmente vai te levar a perder peso!

Médicos alertam para os riscos de cortar lactose e glutem da alimentação, Confira…

Tudo é uma Questão de Equilíbrio!

Só tem a real necessidade de retirar a proteína do trigo da dieta quem tem intolerância ou alergia. Porém se mesmo não fazendo parte deste grupo você não se sente bem ao ingerir alimentos que contém esta proteína pode fazer isto sem nenhum prejuízo á saúde.

Há quem não pode consumir o glúten de forma alguma como os celíacos, os que controlam o consumo e os que cortam ele da alimentação por livre escolha.

Com todas as informações passadas a você faça a sua escolha! Pense sempre em melhorar a sua qualidade de vida e se para isso for necessário retirar a proteína do trio, retire. Se nossas dicas te ajudaram, compartilhe! Opine, deixe seu comentário. Sua participação é muito importante para nós.

PROPAGANDA