Fluconazol: Para Que Serve, Benefícios e Como Usar

As doenças causadas por fungos são mais comuns do que muitas pessoas imaginam, e por isso conhecer medicamentos que ajudam a combater estas doenças como o Fluconazol pode ser muito útil.

Pensando nisso, a seguir eu irei falar um pouco sobre esse medicamento, a fim de tirar todas as suas dúvidas sobre ele. Confira!

Fluconazol: para que serve

Fluconazol para que serve

O Fluconazol é um medicamento antifúngico, e por isso serve para combater diretamente microrganismos estranhos como os fungos, que causam as micoses de diversos tipos.

Além disso, devido à sua ação antifúngica, o medicamento é indicado também para o tratamento e prevenção da candidíase, por combater diretamente o crescimento de microrganismos estranhos como é o caso dos esteroides, causador da candidíase vaginal, aguda ou mesmo recorrente.

PROPAGANDA

Sendo assim, o Fluconazol é indicado para o tratamento de quadros de candidíase de diversas causas como, vaginal, peniana, oral, sistêmica, e também do esôfago, além de combater também, frieira e diversos tipos de micoses, como blastomicose, micose de virilha e micose de unha.

O Fluconazol poderá ser encontrado sobre o nome comercial de zoltec. Você também poderá encontrar ele em sua versão genérico produzido pelos laboratórios Medley, que possui preços mais em conta.

Benefícios do Fluconazol

Com esse medicamento é possível acabar de maneira fácil com as doenças causadas pelos fungos e de maneira a prevenir que elas apareçam novamente. Com o uso dele você poderá tratar:

  • Pano Branco
  • Frieira
  • Sapinho
  • Micose na virilha
  • Micose nas unhas
  • Candidíase vaginal, peniana, sistêmica e outras

Tipos de Fluconazol

Você irá encontrar o Fluconazol em forma de comprimido e também de pomada, mas observe que cada tipo é para uma indicação. Veja abaixo mais sobre cada um dos tipos.

Pomada

No caso do Fluconazol pomada a sua posologia consiste em ser utilizado somente em casos de micoses, como no combate à frieiras, micoses de unha, micoses de virilha e etc.

Porém, há casos em que o médico indica o Fluconazol em forma de pomada também para combater a candidíase vaginal e peniana, nesses casos específicos é necessário tomar alguns cuidados.

Comprimidos

Na grande maioria dos casos o médico indica o Fluconazol comprimido para combater as outras diversas enfermidades que o Fluconazol trata, como as candidíase e outras doenças.

Como usar?

A forma como você deverá utilizar o Fluconazol irá depender de acordo com os motivos pelo qual você precisa do medicamento, e por isso você deve seguir as recomendações médicas.

fluconazol como usar

Para ajudar você na posologia explicaremos abaixo a indicação, a dose e também a duração do tratamento das principais enfermidades que o Fluconazol combate veja abaixo:

  • Micoses de unha

Para combater as micoses de unha é indicado uma dose única de 150 mg do Fluconazol por semana até que a micose desapareça.

  • Dermatomicoses ou infecções causadas por fungos

Para o tratamento de dermatomicoses é indicado um comprimido de 150 mg por dia, com tratamento durando cerca de duas a quatro semanas.

  • Candidíase vaginal ou peniana

Para casos de candidíase vaginal ou peniana é indicado a dose única de um comprimido, com o tratamento durando aproximadamente duas semanas.

  • Candidíase vaginal recorrente

Já para casos de candidíase vaginal recorrente, o indicado é uma única dose mensal de um comprimido de 150 mg, com o tratamento durando cerca de 4 a 12 meses.

Agora se você for utilizar o Fluconazol em forma de pomada você deve aplicar a pomada sobre o local limpo com movimentos circulares, espalhando bem o medicamento até que seja completamente absorvido pela pele.

Preço do Fluconazol

Os preços desse medicamento irão variar de acordo com a farmácia e a região onde você irá adquiri-lo, por isso é recomendado que você confira os preços diretamente no estabelecimento da sua cidade. A média de preço varia entre R$ 10 reais a R$ 39 reais, dependendo do tipo escolhido, sejam cápsulas ou pomada.

Contraindicações

Quem possui qualquer tipo de sensibilidade aos ingredientes da fórmula do fluconazol ou alergia aos componentes não deve fazer uso desse produto. Além disso, gestantes e lactantes, não são aconselhadas a utilizar nenhuma das versões do medicamento sem o acompanhamento de um médico.

Ele também não é indicado para quem esteja fazendo uso de outros medicamentos como o pimozida, quinidina ou a eritromicina.

Tem efeitos colaterais?

Apesar de no geral apresentar poucos efeitos colaterais, algumas pessoas relataram que após o uso do fluconazol apresentaram dores de barriga, pele com vermelhidão e erupções, diarreia, vômito, dor de cabeça, náusea, inchaço nas pálpebras, dificuldade para respirar e coceira pelo corpo.

Se você apresentar qualquer uma dessas reações com o uso desse medicamento, suspenda o uso imediatamente e procure o seu médico o mais rápido possível para que ele avalie o seu caso e forneça o tratamento adequado.

Ainda tem dúvidas? Nos deixe um comentário!

PROPAGANDA