Flavonoides: o que são, e quais as suas funções.

Você já ouviu falar em flavonoides? Certamente sim já que eles são de grande importância para a nossa saúde apesar do nosso corpo não produzi-los. Os flavonoides são um dos resultados metabólicos das plantas, exceto nas aquáticas como as algas.

Eles são pigmentos de origem natural e que podem ser considerados agentes antioxidantes, ou seja, atuam destruindo os radicais livres. Como não podemos produzi-los, precisamos adquiri-los dos alimentos como legumes, hortaliças, frutas e também de bebidas como o vinho.

Os flavonoides oferecem diversos benefícios para a nossa saúde e consumi-los faz muito bem. Quer saber quais são? Então continue a leitura!

Motivos para comer alimentos com flavonoides

1. Mantêm a saúde do coração

Os flavonoides podem impedir que o colesterol LDL – colesterol ruim – se oxide e assim forme placas nas paredes dos vasos impedindo a circulação sanguínea adequada. Por exemplo, a dieta mediterrânea tem como bebida principal o vinho, que é rico em flavonoides. As pessoas dessa região apresentam menos chances de serem hipertensos.

2. Previne o câncer

Ainda não se sabe ao certo o que provoca o câncer, mas sabemos que é uma multiplicidade de fatores. Um deles é a presença de radicais livres, sintetizados como resultado dos processos metabólicos do organismo. A presença deles é natural no nosso corpo, mas a ingestão de alimentos industrializados, por exemplo, deixa a taxa extremamente elevada e isso causa danos celulares.

Esses radicais consegue penetrar na célula e causar danos ao material genético modificando-o. Assim, sempre que uma célula se multiplica, esse erro também vai para o material genético das novas células e assim, o câncer se prolifera.

Como os flavonoides são substâncias antioxidantes, eles ajudam a destruir parte dos radicais livres, evitando assim, maiores problemas.

3. Ajudam no controle do peso

Um dos problemas com o excesso de gordura é o processo inflamatório que ela desenvolve. Assim, forma-se o edema que é o resultado desse processo, provocando inchaço e também as celulites. A presença dos flavonoides consegue amenizar o processo.

Além disso, esses antioxidantes conseguem diminuir a quantidade de leptina, hormônio responsável  pelo estímulo do apetite. Assim, quanto menos leptina estiver no seu organismo, menos fome você sentirá.

4. Melhoram o sistema cognitivo

Alguns estudos já conseguem comprovar uma relação benéfica entre a ingestão de alimentos ricos em flavonoides e a redução de doenças neurodegenerativas como o Mal de Alzheimer e a demência.  A ação ocorre de duas formas: neurogênese e redução do processo oxidativo, um dos causadores dessas doenças no cérebro.

Outro mecanismo pelo qual os flavonoides ajudam nessa prevenção é melhorando o aporte sanguíneo do local. Assim, quanto mais nutrientes e oxigênio o cérebro tem, melhor será o seu funcionamento e menor o risco de patologias.

5. Previnem a osteoporose

A osteoporose é uma doença caracterizada pela destruição das células ósseas numa velocidade maior que a síntese delas. Esse tipo de doença costuma acontecer após os 60 anos e também nas mulheres durante a menopausa quando a absorção de cálcio torna-se menor.

Os flavonoides – mais especificamente as isoflavonas contidas na soja – conseguem aumentar a densidade óssea, deixando os ossos mais fortes e resistentes a fraturas.

Alimentos ricos em flavonoides

Como havíamos dito, nosso organismo não fabrica flavonoides e, por isso, precisamos adquiri-los na alimentação. Existem diversos alimentos ricos nessa substância como:

  • chocolate;
  • mel;
  • frutas de cor avermelhada como a cereja, o morango, a romã e outras;
  • sementes e oleaginosas como as nozes, as castanhas e a linhaça;
  • vegetais como o brócolis, couve, espinafre, cebola e outros;

Não ainda uma recomendação para uma dose diária de flavonoides, ou seja, um valor. Porém, estima-se que esse número varie de 26 mg a 1 grama.

Leia Também:

Quer saber mais dicas e conhecer os benefícios de outros alimentos e substâncias como os flavonoides? Curta a nossa página no Facebook!