Dopamina: Oferece Sensação de Prazer, Ajuda a Memorizar e Previne Doenças.

A dopamina é conhecida como um dos hormônios da felicidade e é essencial para melhorarmos o nosso humor que pode mudar com um estalar de dedos. Basta uma situação estressante no trabalho, em casa ou na rua para nos deixar um pouco fora do eixo e, ultimamente, estamos ficando cada vez menos tolerantes.

Sabia que tudo isso seja apenas o resultado da falta de produção de dopamina pelo seu corpo? A escassez dessa substância pode fazer um belo estrago no nosso dia.

falta de dopamina

Justamente por ser tão importante, criamos esse post para você entender quais são as funções da dopamina e como aumentá-la no seu organismo. Continue a leitura!

O que é dopamina?

Como já dissemos, é um hormônio, mais especificamente um neurotransmissor, já que é produzida pelas células do nosso sistema nervoso. A principal função desse tipo de substância é levar informações para as mais diversas partes do corpo por meio dos impulsos nervosos.

PROPAGANDA

A sua síntese se dá em 2 pontos específicos do cérebro: na área tegmental ventral (local no qual há uma concentração considerável de neurônios, cerca de 450 mil) e na substância negra (responsável por controlar certas emoções como o vício e o sistema de recompensa). A partir da dopamina é que são produzidas outras 2 substâncias: a adrenalina e a noradrenalina.

Quais as funções desse neurotransmissor?

1. Oferece sensação de prazer

Essa é uma das funções mais conhecida. Quando estamos fazendo algo agradável como assistir a um filme, sair com os amigos, estar numa praia, entre outras coisas, o corpo começa a produzir essa substância e é por isso que nos sentimos tão bem quando, por exemplo, praticamos exercícios. O organismo entende que aquilo é benéfico e produzi a dopamina.

Mas esse efeito de prazer também pode ser danoso em algumas situações. É comum ver pessoas depressivas com obesidade e isso ocorre muito porque, em busca da sensação de prazer, o depressivo passar a consumir alimentos extremamente calóricos, mas que têm um excelente sabor. Isso, por sua vez, libera dopamina e ele se sente melhor.

2. É responsável pelos movimentos

Sabia que a dopamina exerce um papel fundamental nos nossos movimentos voluntários? É graças a ela também que nós, por exemplo, fazemos exercícios físicos, o que libera ainda mais dopamina.

3. A dopamina ajuda na memorização

Recentemente, alguns estudos conseguiram identificar que essa substância também melhora a nossa capacidade de memorização e é algo até simples de explicar: você certamente se lembra mais dos momentos bons da sua vida que dos momentos ruins. Isso não acontece apenas porque você estava feliz, isso acontece por causa da liberação da dopamina pelo sistema nervoso.

4. Previne doenças

Já foi constatado que a deficiência de dopamina deixa o organismo a adquirir certas doenças como, por exemplo o Mal de Parkinson. Isso ocorre por conta do próprio processo de envelhecimento no qual ocorre a morte espontânea de diversos neurônios e assim, a produção de neurotransmissor é reduzida.

Um dos principais sintomas da doença é o surgimento de movimentos sem coordenação e involuntários. Como uma das funções é justamente ter esses movimentos voluntários possíveis, a queda dessa substância prejudica causa esse sinal.

Dopamina: Como Aumentar

Quando estamos com baixa produção, a melhor forma de aumentarmos essa substância é fazendo coisas que nos dá prazer, mas que também sejam saudáveis.

Saia mais com os amigos, desacelere um pouco a sua vida, evite situações de estresse, seja mais resiliente, ouça música, viaje, entre outras coisas. Além de tudo isso, estabelecer hábitos saudáveis também aumenta os níveis de dopamina como a prática de exercícios físicos e ter uma alimentação balanceada.

E falando nela, existem alguns alimentos que aumentam os níveis de dopamina como amendoim, aveia, chocolate, beterraba, melancia, iogurte, peixes e outros.

Leia Também:

Gostou de saber um pouco mais sobre a dopamina? Então compartilhe essas informações com os seus amigos e mostre a eles como esse neurotransmissor é importante!

PROPAGANDA