Dolomita: Para que serve, Benefícios e Contra Indicação

A Natureza é responsável por nos oferecer diversos opções naturais para tratamentos, seja medicinais, quanto estéticos, e a Dolomita é um exemplo disso, pois ela é um mineral que lembra muito a argila, tanto na forma, quanto na cor, e que possui funções terapêuticas e estéticas. Nesse artigo vamos falar mais sobre as propriedades desse mineral, como ele pode ser utilizado, seus benefícios, efeitos e contraindicações. Para saber tudo sobre ele, continue lendo e confira!

O que é?

Assim como muitos outros minerais, a Dolomita é utilizada para tratamentos terapêuticos, medicinais e até mesmo estéticos. Ele já é conhecido há centenas de anos pelos povos asiáticos que o utilizam para diversos fins. Mas atualmente é possível encontrar em várias partes do mundo para comprar e utilizar para tratamentos caseiros e naturais.

Antes de estar apto para ser utilizado o mineral passa por um processo de purificação para que assim sejam removidos todas as toxinas dele e ele não causem nenhuma irritação ou problemas à saúde das pessoas que o utilizem.

Dolomita: para que serve

Ela é utilizada em tratamentos naturais como fitoterápicos, hidroterápicos. No começo ela era muito utilizada para tratar problemas digestivos, pois ajudava a aliviar a sensação de estufamento e de se sentir muito cheia. Mas com o tempo descobriu-se que ela também tinha outros usos, pois pode ser um ótimo analgésico, anti inflamatório, coagulante, tonificante, relaxante e muitos outros usos.

PROPAGANDA

Benefícios

A Dolomita pode ser boa para a pele, para o funcionamento do organismo, para a saúde bucal, para doenças reumáticas e muito mais. Veja abaixo melhor como ela atua nessas condições!

  • Melhora a pele

A Dolomita pode ser utilizada para fins estéticos e é ótima para a pele, principalmente para fazer máscaras de hidratação. A famosa máscara de porcelana, que promete uma pele lisa e sem cravos e com uma pele limpa é feita com esse mineral. Uma vez que ele penetra de maneira rápida e limpa todas as toxinas e impurezas da nossa pele.

Além disso, ela também ajuda a cicatrizar, revitalizar, tonificar, acalmar e desinchar a pele. Então pode ser utilizada para queimaduras, micoses, manchas, espinhas, assaduras, entre outras.

  • Ajuda a repor nutrientes

Ela ajuda na reposição de cálcio e magnésio no corpo. Assim como ajuda a absorver melhor o ácido úrico pelo o organismo. E ajuda na reposição geral dos nutrientes que o corpo precisa para funcionar melhor.

Outra vantagem é a melhora da saúde bucal, pois ela pode ser utilizada para a prevenção de doenças e também para tratar problemas de mau hálito e gengivite.

  • Ótima para problemas de Estômago

Como falamos acima, esse foi um dos primeiros usos para a Dolomita e é um dos mais importantes também. Ela pode ser utilizada para acabar com diarréias, mal estar, gastrite, úlceras, intoxicação alimentar, entre outros.

  • Alivia dores

Ela também é ótima para aliviar dores como cólicas, artrites, dores reumáticas, ciáticas, contusões, lúpus e muito mais, por causa da sua função analgésica e anti inflamatória.

  • Fortalece os cabelos

Ela atua de modo a acabar com a oleosidade do couro cabeludo e consequentemente com as caspas e seborreia. Então se você busca por alternativas naturais para tratar esses tipos de problemas ela pode ser a solução.

Além disso, pessoas adeptas de no pow ou low pow também podem utilizar a Dolomita.

Como usar a Dolomita?

Como usar a Dolomita

A Dolomita pode ser utilizada em forma de pasta, via oral, mas também como banhos locais. Abaixo vamos ensinar as duas maneiras e receitas fáceis para se fazer em casa. Você também pode comprar ela pronta para uso.

  • Máscara de porcelana

Em um recipiente aberto coloque água e pó de dolomita. Vá colocando o pó aos poucos para que ele não fique grudado e você perca o ponto. Mexa até ter uma mistura homogênea

Depois que a mistura estiver pronta aplique diretamente no local, no caso da máscara de porcelana, aplique no seu rosto todo, exceto nos olhos e na boca. Deixe ela por 20 a 30 minutos agindo. e depois lave com água corrente morna.

Essa mistura também pode ser utilizada para tratar os cabelos, nesse caso aplique em todo o cabelo a partir do couro cabeludo. Depois deixe por 40 minutos e enxague.

E você pode utilizar a pasta também para tratar dores como cólicas, problemas de estômago, limpeza bucal, unhas quebrando, etc.

  • Banho de Dolomita

Misture dois litros de água com meio copo de dolomita e ferva. Depois tome banho com a mistura. Ela serve principalmente para tratar artritre, dores musculares, reumáticas, gota, inchaço, lúpus e outras

Dolomita: contra indicação

A Dolomita possui também suplementação via oral. Porém essa deve ser utilizada com recomendação profissional. Pois apenas ele pode avaliar a necessidade e quantidade certa para cada caso. Por isso, dependendo do que você deseja tratar não se automedique sem a orientação do seu médico.

Leia Também:

Argila Verde Para Que Serve e Benefícios

Como Tratar a Pele Oleosa e Com Acne | Várias Dicas

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse artigo nos conte nos comentários!

PROPAGANDA