Dominio: dietaeboasaude.com.br
Chave: ab8b1f68be3ecb0416f17e34674787df2398239f
Hora do cache: 1508525215
Vida do cache: 1508568415
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: a32908f9025b7eac536fee146652bdce4086e4b5
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Tudo Sobre Diabetes

Diabetes Tipo 1 e 2, Diferenças,Causas,Tratamentos

Diabetes Tipo 1 e 2, Diferenças,Causas,Tratamentos
5 (100%) 1 vote

Você sabe a diferença entre os diabetes tipo 1 e tipo 2? Sabe reconhecer os sintomas e o que causa a doença? Muito se ouve falar sobre diabetes, sobre as restrições alimentares e a dependência da insulina, mas de modo geral, a falta de conhecimento a respeito da doença ainda é muito grande.

Preparamos nesse artigo um guia geral sobre o diabetes tipo 1. Continue lendo para saber quais as principais características dessa doença, o que a causa, quais os seus sintomas, o que a faz diferente do diabetes tipo 2, formas de tratamento e muito mais.

diabete tipo 1 e 2 diferença

O que é diabetes tipo 1?

É uma doença que se caracteriza pelo aumento do nível de glicose no sangue, devido à falta de insulina. A insulina é o hormônio responsável por fazer com que a glicose seja absorvida pelas células para ser transformada em energia.

Isso ocorre porque o sistema imunológico identifica de forma errada as células beta como células nocivas ao organismo, e as ataca, causando sua destruição total ou parcial. Na verdade, essas células do pâncreas são as responsáveis por produzir insulina.

O que causa o diabetes tipo 1?

Ainda não se sabe com certeza o que desencadeia essa destruição autoimune que dá origem ao diabetes, mas acredita-se que o fator genético é um ponto determinante. Há ainda outros fatores mais incomuns que podem desencadear a doença, como o câncer de pâncreas, fibrose cística e pancreatite.

Sintomas de diabetes tipo 1

Os sintomas do diabetes tipo 1 começam a surgir principalmente na infância e adolescência, e incluem:

  • Vontade de urinar muito frequente
  • Sede excessiva
  • Maior apetite
  • Cansaço
  • Fraqueza
  • Perda de peso
  • Náuseas
  • Alterações de humor

Alguns fatores como febre alta, estresse ou trauma físico podem acarretar em uma complicação para quem tem diabetes tipo 1, chamada de cetoacidose diabética. Esse quadro é uma emergência, pois pode levar ao coma e seus principais sintomas são:

  • Boca muito seca
  • Pele seca e avermelhada
  • Dor abdominal
  • Vômitos
  • Dificuldade para respirar
  • Respiração com odor forte

Diferenças entre diabetes Tipo 1 e diabetes tipo 2

Enquanto no diabetes 1 o organismo tem falta de insulina, no tipo 2 há a produção do hormônio, mas o organismo desenvolve uma resistência ele, impedindo a absorção da glicose pelas células.

Outra diferença crucial está no fato de que o diabetes tipo 2 acomete principalmente pessoas com sobrepeso, sedentárias e acima de 45 anos, podendo ser prevenido e tratado apenas com uma reeducação alimentar e prática de exercícios.

Tratamento do diabetes tipo 1

O diabetes tipo 1 é tratado com aplicação diária de insulina, mas além disso, uma mudança de hábitos deve ser adotada. Praticar exercícios é fundamental para ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e evitar o sobrepeso.

A alimentação é outro fator importante, devendo-se evitar o consumo de alimentos com açúcar e carboidratos, como pães, massas e biscoitos. Também é importante fazer a constante verificação da glicemia com um glicosímetro.

Convivendo com o diabetes tipo 1

Apesar de não ter cura, é possível conviver com o diabetes tipo 1 e minimizar ao máximo as complicações seguindo alguns cuidados, como:

  • Mantenha uma boa higiene bucal
  • Evite o consumo de bebidas alcóolicas
  • Não fume
  • Cuide bem dos seus pés para evitar o surgimento de lesões
  • Siga a dieta orientada pelo médico e pratique exercícios
  • Redobre o cuidado com os olhos

Seguindo as orientações médicas e mantendo hábitos de vida saudáveis é possível conviver com o diabetes tipo 1, amenizar os seus sintomas e evitar possíveis complicações.

Gostou Comente no Facebook