Depilação egípcia: o que é, benefícios e desvantagens

Diversas mulheres fazem depilação, pois os pelos podem incomodas bastante, especialmente na sobrancelha. Para isso, muitas usavam a depilação com cera quente, mas isso vem mudando. A nova febre do momento é a depilação egípcia.

Conheça um pouco mais sobre essa técnica e como ela pode ser benéfica para a sua pele!

O que é depilação egípcia?

Também conhecida como depilação à linha, a depilação egípcia promete remover os pelos desde a raiz com diversas vantagens, chamando assim a atenção dos clientes e também dos profissionais da área. Ela já era bastante utilizada pelas mulheres no ocidente médio e, com o passar dos anos, se popularizou pela Europa e depois, chegou ao nosso continente.

O que é depilação egípcia

A depilação não pode ser feita com qualquer tipo de linha, mas sim com uma que seja constituída de 100% algodão. É mais indicada para áreas pequenas como buço e sobrancelhas, mas também pode ser aplicada em outras regiões como axilas, virilhas e outras.

Quais os benefícios da depilação egípcia?

A grande popularidade desse tipo de depilação deve-se ao fato dela ter inúmeras vantagens. Uma delas é o fato de não provocar nenhum tipo de irritação na pele, uma das maiores reclamações de alguns clientes com outras técnicas. Por não utilizar nenhum tipo de substâncias química, essa depilação é ideal para as que apresentam problemas alérgicos.

É também a forma mais higiênica de fazer depilação e pode ser aplicada em qualquer pessoa e em qualquer tipo de pele. Não importa se você acabou de sair do esteticista: como é uma técnica que não agride o tecido epitelial, não há problema algum em fazer a depilação egípcia logo após o procedimento.

Há diversos outros benefícios da depilação egípcia:

  • reduz os riscos de flacidez que pode ser provocado pelo uso constante da cera;
  • com o passar o tempo, ocorre a redução da produção de pelo na área;
  • estimula a drenagem da pele e assim, melhora a circulação sanguínea aumentando a nutrição da região de aplicação;
  • pode ser realizado após o bronzeamento.

Outra vantagem é a exposição ao sol logo após a depilação com linha, algo que, em outros tipos, não é possível pelo risco de queimaduras e processos inflamatórios. A área depilada também não fica escura com o passar do tempo.

Ainda há a possibilidade de remover pelos muito pequenos, mesmo se tratando daquela penugem formada por pelos muito finos. Ou seja, não é necessário esperar que os fios cresçam como ocorre na depilação com cera.

A depilação com linha causa dor?

A dor é algo bastante subjetivo e cada pessoa possui um limiar. Algumas podem sentir mais ou menos dor, mas a depilação egípcia pode sim causar certo desconforto já que os pelos são “puxados” da região. Por ser um procedimento feito de forma muito rápida – depende também da habilidade do profissional – acaba em poucos minutos e assim, qualquer tipo de dor acaba.

depilação egípcia

Quais as desvantagens desse tipo de depilação?

Assim como há prós, há contras não é mesmo? No caso da depilação egípcia, as desvantagens ficam por conta do fato dela ser difícil de realizar em casa. Nos casos de um compromisso em cima da hora, por exemplo, você teria que marcar hora com a profissional. Porém, caso tenha cera em casa e o material necessário, pode se depilar em poucos minutos sem ajuda.

Além disso, se você tem problemas com acne, a depilação com linha, assim com outros tipos, não é indicada, pois pode prejudicar a situação.

Após realizar a depilação egípcia, alguns cuidados são necessários. Você pode se expor ao sol, mas é preciso aguardar alguns minutos, pelo menos, até o avermelhado desaparecer. Usar gel pós-depilatório após realizar a técnica é uma boa forma de deixar a pele mais calma.

Você já fez esse tipo de depilação? Conte pra gente nos comentários como foi a sua experiência!