Cravo-da-Índia:Indicações,Contra Indicação e Como Usar

O cravo-da-índia é usado como especiaria há séculos, dando um toque especial de sabor e aroma a doces e salgados. O beijinho com um cravinho-da-índia espetado é um clássico e o presunto com cravinhos faz sucesso na ceia de Natal.

Mas, você sabia que o Syzygium aromaticum (nome científico do cravo-da-índia) possui inúmeras propriedades medicinais? E que o chá de cravo-da-índia ajuda a emagrecer?

cravo da india indicações

Neste artigo, falaremos sobre os problemas para os quais o cravo é indicado, como usá-lo, suas contraindicações e benefícios.

Composição nutricional

O cravo-da-índia é a haste desidratada da flor do Syzygium aromaticum (nome científico do craveiro). Em sua composição, encontramos ômega 3, fibras e os seguintes minerais: ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco e cálcio. Ele também é fonte das vitaminas C, B6, B13, A, E, D, K, tiamina, riboflavina, niacina e ácido fólico.

Também é possível encontrar o cravo na forma de pó, tintura e óleo essencial.

Cravo-da-índia aborta?

O cravo-da-índia (sobretudo na forma de chá ou óleo) não é recomendado para gestantes, já que provoca intensas contrações do útero, podendo provocar aborto. Não deve ser utilizado nem mesmo próximo ao trabalho de parto, já que não auxilia na dilatação do colo do útero, apenas tornando as dores mais intensas.

Cravo-da-índia emagrece?

O chá do cravo pode auxiliar na perda de peso. Isso ocorre porque ele melhora o processo digestivo e acelera o metabolismo, otimizando a queima de gorduras pelo organismo.

Ele também ajuda a controlar a vontade de comer doces. Basta colocar um cravinho na boca e sentir seu sabor quando surgir o desejo de ingerir açúcar.

Cravo-da-índia: indicações

Confira a seguir os benefícios do cravo-da-índia:

  • Melhora a digestão. O cravo-da-índia melhora o processo de digestão dos alimentos, já que estimula a produção de enzimas digestivas.
  • Evita o enjoo durante viagens. Para prevenir enjoos, pessoas que costumam ter o problema devem consumir o chá de cravo ao menos 30 minutos antes da viagem.
  • Alivia a dor de dente. Umedecer um cravinho e aplicá-lo diretamente no dente dolorido é uma antiga forma caseira de tratar a dor de dente. Esse efeito analgésico é provocado pelo eugenol, substância presente em grandes quantidades nos cravos-da-índia.
  • Combate o excesso de gases. O cravo-da-índia reduz a formação de gases durante o processo digestivo, sendo por isso indicado para tratar a flatulência e os desconfortos por ela causados.
  • Previne o mau hálito. Esse é outro uso tradicional, cuja eficácia é explicada por suas propriedades antissépticas. Chupar um cravinho da índia ajuda a eliminar e impedir a proliferação das bactérias que causam o mau hálito.
  • Ajuda a tratar a gengivite e as inflamações na garganta. Esse benefício também advém das propriedades bactericidas do cravo-da-índia. É aconselhável fazer bochechos e gargarejos com o chá de cravo-da-índia para tratar esses problemas.

A Lista é Grande Continue Lendo.

  • É um poderoso antioxidante. Rico em antioxidantes, é um aliado no combate aos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce. Estudos sugerem que ele pode, inclusive, ajudar prevenir o câncer.
  • Auxilia no tratamento da candidíase oral.De propriedades antifúngicas,o cravinho ajuda a combater a candidíase oral (também conhecida como “sapinho”), utilizando seu chá para fazer bochechos e gargarejos.
  • É um vermífugo natural. O chá de cravo-da-índia é um remédio natural contra os parasitas intestinais.
  • Protege os ossos. Certos componentes do cravo, como flavonoides, flavonas e isoflavonas, ajudam a preservar a densidade dos ossos, prevenindo a osteoporose.
  • Reduz os níveis de glicose e triglicerídeos. Estudos já comprovarem a eficácia do cravo-da-índia na redução dos níveis de glicose no sangue de portadores de diabetes tipo 2. Ele também age na diminuição dos níveis de triglicerídeos, mesmo quando consumido em pequenas quantidades.
  • É um expectorante. O chá ajuda a expelir o muco nos quadros de gripe, resfriado e outras doenças que afetam o trato respiratório.
  • Trata micoses. Devido às propriedades antifúngicas do cravo-da-índia, seu óleo, extrato e tintura podem ser utilizados no tratamento de micoses nas unhas e na pele.

Benefícios do cravo-da-índia para os cabelos

Ajuda a acelerar o crescimento dos cabelos. Ele pode ser usado na forma de chá, acrescentando alguns cravos ao condicionador ou misturando 5 gotas de óleo essencial de cravo-da-índia no creme de massagem, na hora da aplicação.

O chá de cravo deve ser aplicado nos cabelos úmidos recém lavados, principalmente no couro cabeludo. Deixar agir por 10 minutos e enxaguar.

Cravo-da-índia: contraindicações

Além das mulheres grávidas, pessoas com problemas de coagulação sanguínea precisam ter cautela ao consumir o cravo-da-índia, já que ele reduz a agregação de plaquetas. Crianças e portadores de úlcera ou gastrite também não devem usar para fins terapêuticos.

Como preparar o chá

cravo da india aborta

Para preparar o chá, deve-se levar ao fogo 1 xícara de água. Quando entrar em ebulição, desligar o fogo e acrescentar 4 unidades de cravinhos da índia. Tampar o recipiente e deixar em infusão por 10 minutos.

O consumo diário máximo recomendado é de 2 xícaras.

Caso o chá seja para uso em bochechos e gargarejos (não será ingerido), pode-se aumentar a quantidade de cravo para 1 colher (sopa).

Como você pôde conferir ao longo deste artigo, o cravo-da-índia oferece diversos benefícios, que vão desde a prevenção do mau hálito até o controle do diabetes. Como qualquer outro remédio natural, ele apresenta algumas contraindicações e, caso consumido em excesso, pode trazer efeitos colaterais.

A informação é a chave para uma vida mais saudável; sabendo como e para que usar o cravo-da-índia, é possível aproveitar ao máximo os benefícios desse alimento tão simples e acessível.