Cirurgia Bariátrica | Conheçam os Tipos e Técnicas

É bem provável que você já tenha ouvido falar da cirurgia bariátrica. Ela é vista por muitos como a única solução para combater a obesidade mórbida em alguns casos, que diminui drasticamente a qualidade de vida do indivíduo e que a médio ou longo prazo pode significar a sua morte. Vamos nesse artigo falar um pouco mais dessa intervenção médica extrema, que está se tornando mais popular e necessária a cada dia.

Quais os riscos da cirurgia bariátrica?

Como qualquer intervenção cirúrgica a cirurgia bariátrica apresenta riscos, inclusive o de morte. Hoje a maioria das publicações aponta que ocorrem 2 a 4 óbitos a cada mil cirurgias, em média. Isso significa que se trata de um risco pequeno, mas que ainda assim está presente. Ou seja, podem morrer dois pacientes a cada mil intervenções desse tipo, ainda que cada vez esses índices baixem mais.

Além disso, complicações também não são incomuns na cirurgia bariátrica, mas só ocorrem em 1% dos casos. As mais preocupantes são a trombose venosa profunda, a pneumonia, a atelectasia e a fístula, que é quando o conteúdo intestinal ou estomacal passa por entre as costuras feitas durante a cirurgia, de longe o quadro mais preocupante que se pode ter aqui.

Cirurgia Bariátrica Preço

Para quem não quer enfrentar fila de espera pela sus (Sistema Único de Saúde), o preço da cirurgia bariátrica pode variar de R$ 8.000,00 a R$ 30.000,00 Reais. Acesse o link no final do post e saiba mais a respeito da cirurgia bariátrica com profissionais de alta qualidade.

Tipos de cirurgia bariátrica

Atualmente o Conselho Federal de Medicina e o Ministério da Saúde reconhecem um total de 5 técnicas de cirurgia bariátrica distintas. São elas a banda gástrica ajustável, a gastrectomia vertical, a cirurgia Fobi-Capela, a derivação biliopancreática e a derivação biliopancreática com duodenal Switch.

Descrevamos então cada um desses tipos de cirurgia bariátrica:

Banda Gástrica Ajustável

Coloca-se um anel de silicone ao redor de uma parte pequena do estômago. Esse pedaço de estômago que ficou preso pelo anel se comunica por um tubo com um dispositivo que é implantado embaixo da derme dos pacientes, que serve para inchar a câmara pneumática que está presa no anel. Isso serve para permitir que haja mais ou menos fluxo de alimentos no estômago. Essa técnica era muito comum no Brasil e na Europa, mas está caindo no desuso. Nos Estados Unidos ela segue em alta.

Gastrotectomia Vertical 

Também conhecia como Sleeve, ela serve para retirar dois terços do estômago no sentido vertical, o que o torna um tubo fino. Esse procedimento se baseia no princípio de restringir a possibilidade de consumo de alimentos, além de diminuir a produção de um hormônio chamado grelina, que se localiza na parte do estômago que deve ser retirada e é responsável por que sintamos fome. As vantagens dessa cirurgia é que os pacientes que passam por ela raramente precisam de suplementação vitamínica. Sendo assim ela é indicada para pacientes com anemias crônicas e osteoporose, por exemplo.

Derivação Biliopancreática com duodenal Switch

Ela é uma evolução, um aprimoramento da derivação biliopancreática pura, então vale explicarmos só esse procedimento. Trata-se da retirada de dois terços do estômago na direção vertical assim como acontece na gastrotecmia vertical, mas além disso também é feito um desvio intestinal, deixando uma área de só um terço para que os nutrientes consumidos sejam absorvidos pelo organismo. Essa técnica está entre as mais invasivas, então só é indicada para aqueles pacientes que precisam emagrecer demais. Além disso, ela é muito boa para aqueles que sofrem de diabetes e se tornaram obesos em decorrência da doença.

Cirurgia de Fobi-Capella 

Essa cirurgia bariátrica também é conhecida como bypass gástrico. O significado da palavra “bypass” em inglês é desvio, portanto desvia-se uma grande parte do estômago do paciente e uma pequena parte de seu intestino delgado. Isso é feito através do grampeamento, pois se grampeia o estômago em duas partes, sendo a menor voltada para a circulação de alimentos e a maior é isolada. Esse estômago reduzido será conectado ao intestino, assim o alimento seguirá um fluxo natural.

SAIBA TUDO SOBRE A CIRURGIA BARIÁTRICA NO SITE DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA BARIÁTRICA E METABÓLICA.

cirurgia bariátrica preço

cirurgia bariátrica preço

Entre outras técnicas a vantagem dessa é que ela é totalmente reversível. Ela proporciona uma perda de peso de 35% a 40%, comparando com o peso inicial do paciente e hoje é a cirurgia que mais é realizada em todo mundo. Só nos Estados Unidos mais de 200 mil procedimentos como esse são feitos ano após ano. No Brasil o bypass gástrico representou 60 mil (60%) das cirurgias bariátricas feitas no ano de 2015. Artigo Atualizado em 15 de agosto de 21016.