Dietas Valdeni Duarte

chá de hortelã com gengibre, benefícios e como fazer o chá

Se queremos melhorar a nossa saúde e evitar doenças, a melhor opção é fazer escolhas certas na hora de se alimentar. A natureza consegue oferecer tudo o que precisamos e a combinação de diversos nutrientes consegue oferecer inúmeros benefícios. Por exemplo, o chá de hortelã com gengibre, além de ajudar no tratamento de doenças, também atua na prevenção.

Você pode estar se perguntando porque tomar um chá como esse para tratar uma gripe, por exemplo, se é possível tomar uma medicação que age mais rápido. O grande problema dos remédios que encontramos nas farmácias são os efeitos colaterais, algo que não precisamos nos preocupar quando ingerimos substâncias naturais como é o caso do chá de hortelã com gengibre.

Mas por que essa bebida é tão boa? Quais benefícios ela consegue oferecer para a nossa saúde? Como prepará-la de forma a aproveitar todos os seus benefícios? Veja as respostas para essas e outras perguntas logo abaixo!

Por que consumir chá de hortelã com gengibre?

cha de hortela com gengibre

Para entender todos os benefícios que o chá de hortelã com gengibre oferece, é preciso conhecer as propriedades dos principais ingredientes presentes na bebida.

Os benefícios da hortelã

Melhora a digestão

Você já deve ter ouvido falar que tomar chá de hortelã depois de almoço ou jantar é uma ótima maneira de ajudar na digestão dos alimentos. Com uma xícara após as refeições, já é possível sentir os efeitos. As folhas são ricas em substâncias antioxidantes e também ajudam no tratamento de pessoas que enfrentam problemas como gastrite.

Ajuda nas doenças respiratórias

É comum ver nas farmácias xaropes e outros produtos para a gripe que apresentam hortelã em sua composição. Isso porque a planta consegue oferecer benefícios no tratamento de problemas respiratórios como congestionamento nasal e inflamações na garganta. É excelente também para quem tem problemas alérgicos como a rinite.

Atua na prevenção do Alzheimer

O Alzheimer é uma doença neurológica crônica e que progride com o passar dos anos. Diversas conexões cerebrais são destruídas e assim, a memória recente fica severamente prejudicada. Com o passar do tempo, a memória de longo prazo também fica danificada.

A hortelã consegue melhorar algumas funções cognitivas e assim, aperfeiçoar a concentração e também deixa a mente mais ágil. Assim, o chá, ingerido com frequência, pode fortalecer as conexões neurológicas.

Melhora a saúde bucal

Você já deve ter percebido que muitos dos produtos bucais encontrados no mercado são feitos com hortelã e isso não é por acaso. A folha apresenta propriedades anti-inflamatórias, ideais para prevenir e tratar problemas como a gengivite e também propriedades antibacterianas, evitando a proliferação de bactérias na boca.

Os benefícios do gengibre

É um alimento termogênico

Uma das características mais conhecidas do gengibre é o seu poder termogênico. Isso quer dizer que, essa planta consegue acelerar o metabolismo e assim, consome mais energia do corpo. Dessa forma, o carboidrato consumido nas refeições já não se acumula tanto na forma de gordura.

Reduz as dores musculares

Quando nos machucamos ou mesmo começamos a fazer atividade física como a musculação, é normal sentir dor muscular no dia seguinte. Isso se deve à inflamação causada nas fibras musculares devido ao esforço realizado.

O gengibre possui propriedades anti-inflamatórias e, por isso, é uma substância excelente para reduzir esse processo nos músculos e, consequentemente, aliviar a dor.

Melhora a indigestão crônica

O gengibre também possui propriedades que ajudam na digestão dos alimentos. A indigestão crônica, também conhecida como dispepsia, é caracterizada por um desconforto recorrente na parte superior do estômago. De acordo com algumas pesquisas, a ingestão de 1,2 gramas de gengibre antes das refeições ajudou no esvaziamento do estômago em 50%.

Reduz os níveis de colesterol

O colesterol, apesar de ser visto como uma substância ruim para o nosso corpo, é essencial a nossa sobrevivência. Sem ele, seria impossível, por exemplo, a formação das membranas das células, de caráter lipoproteico e também a síntese de alguns hormônios como os sexuais.

Porém, o excesso de colesterol na corrente sanguínea, especialmente o LDL, mais conhecido como colesterol ruim, pode prejudicar e muito a saúde. Ele forma placas de gordura que se fixam nas paredes dos vasos, dificultando a passagem do sangue e aumentando a pressão arterial.

Um estudo realizado com 85 pessoas durante 45 dias mostrou que o consumo de 3 gramas de gengibre conseguiu reduzir os níveis de colesterol e também dos triglicérides. Duas substâncias que, quando não controladas, podem levar a sérios problemas de saúde como hipertensão arterial.

Como fazer o chá de hortelã com gengibre?

Viu como tanto a hortelã quanto o gengibre oferecem benefícios importantíssimos para a nossa saúde? A combinação desses dois alimentos consegue gerar uma bebida fantástica, com inúmeras vantagens. Veja abaixo como preparar o chá de hortelã com gengibre e o obter o máximo de seus benefícios:

Ingredientes

  • 1 xícara de água
  • 5 folhas de hortelã
  • 1 fatia fina de gengibre

Modo de preparo

Coloque a água no fogo e, assim que começar a ferver, desligue a chama. Acrescente as folhas de hortelã e a fatia de gengibre. Use uma tampa para abafar a mistura. Beba quando estiver morno. A quantidade máxima a ser consumida é de apenas 3 xícaras por dia.

Quer receber dicas de como melhorar a sua saúde? Curta a nossa página no Facebook!

| Website

Proprietário do site, adora ler e compartilhar informações sobre saúde na internet. Criou o blog Dieta e Boa Saúde em 07 de março de 2014, onde compartilha dicas de alimentação e hábitos de vida saudáveis, bem como plantas medicinais, exercícios, receitas e afins".

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.