Cardo Mariano: Para Que Serve e Como Usar

Eliminar produtos químicos das nossas vidas tem se tornado uma forte tendência e com isso, muitas pessoas estão buscando por alternativas vindas da natureza para o tratamento de diversas doenças. As plantas medicinais têm se destacado cada vez mais e o Cardo Mariano é uma delas.

Essa planta tem sua origem na Ásia e também no continente europeu e é conhecida por outros nomes como santa-maria, cardo do leite, cardo santo, cardo branco, entre outros. Tanto as folhas quanto o caule, quando quebrados, derramam um tipo de seiva de aspecto leitoso. Esse é um dos locais onde estão guardadas as propriedades medicinais dessa planta.

Cardo Mariano Para Que Serve

Ela começou a ser usada dentro dos hospitais a partir do século XVIII pois os seus benefícios já estavam famosos na cura de doenças do fígado. Com o passar do tempo, descobriu-se outros usos como, por exemplo, nas bronquites. Vejamos agora todas vantagens que o Cardo Mariano pode nos oferecer.

O princípio ativo da planta

Todas as plantas que são utilizadas, de alguma forma, para melhorar a nossa saúde, só conseguem fazer isso porque possuem uma substância-chave, mais conhecida como princípio ativo.

No caso do Cardo Mariano esse componente chama-se Silimarina. Ela faz parte do grupo dos flavonoides – ajudam na absorção da vitamina C, possuem ação antialérgica, anti-inflamatória, anti-hemorrágica e também antioxidante sendo esta a função principal.

A partir dessa substância é que a planta consegue oferecer os seguintes benefícios:

  • protege o fígado e também ajuda a desintoxicá-lo;
  • age como um poderoso antioxidante reduzindo os radicais livres e retardando o envelhecimento celular sendo cerca de 10 vezes mais potente que a vitamina E;
  • auxilia no tratamento das varizes;
  • ajuda em doenças hormonais femininas;
  • é diurética, ajudando a limpar o nosso organismo de diversas impurezas;
  • também pode ajudar no tratamento da depressão em alguns casos;
  • aumenta a produção de colágeno já que melhora a absorção da vitamina C fazendo assim com que a pele fique mais firme e jovem;

Como utilizar o Cardo Mariano

Existem 3 formas de uso do Cardo Mariano com as quais podemos nos beneficiar:

Macerada no vinho

Para isso são necessárias 5 g de cravo da índia e 20 g de folhas do Cardo. Elas devem ser amassadas e adicionadas a 1 litro de vinho branco com o cravo da índia. O conteúdo deve descansar por 5 dias devidamente tampado e, após isso, deve ser consumido 1 cálice da bebida coada antes das principais refeições.

Chá

Essa certamente é a forma de uso mais comum da planta. É usada uma proporção de duas colheres de sopa de folhas para ½ litro de água. Ferva a água, desligue o fogo, acrescente as folhas e deixe descansar por 10 minutos. Para tomar, basta coar e consumir, em média, 2 ou 3 xícaras por dia.

Comprimidos

Você também pode consumir o comprimido feito com a folha do Cardo Mariano sendo esta uma forma mais prática de consumo. O ideal é ingerir cerca de 420 mg e um comprimido contém 140 mg comumente. É a dose indicada para aqueles que sofrem com doenças hepáticas e deve ser mantida por 8 a 12 semanas. Após esse período, ela pode ser reduzida para 280 mg e mantida nessa quantidade para a prevenção de outras complicações no órgão.

cardo santo para que serve

Efeitos Colaterais do Cardo Santo

Ainda não foram identificados efeitos colaterais em pessoas que consumiram o cardo, mas não se pode dizer o mesmo para os que tomaram de maneira incorreta. O excesso pode causar muitas complicações como diarreia, vômitos, irritação da via digestiva entre outras.

Algumas pessoas não podem ingerir a planta como os portadores de úlceras gástricas, quem possui algum tipo de problema renal ou hipertensão arterial. Também é preciso tomar cuidado com nitrato presente em abundância nas folhas podendo causar intoxicação.

Quer saber sobre outras plantas medicinais além do Cardo Mariano? Então curta a nossa página do Facebook e fique por dentro das novidades!