Boldo-do-Chile:Para que serve ,Como Usar e Dicas

Usado há séculos pelos povos andinos, o boldo-do-chile é uma planta consagrada no tratamento de problemas digestivos. E a ciência vem comprovando o que a sabedoria popular ensina, já que diferentes estudos comprovam as propriedades medicinais do Peumus boldus (nome científico do boldo-do-chile).

É importante saber que existem outros tipos de boldo: o boldo-da-terra (Plectranthus barbatus), boldo-miúdo (Plectranthus ornatos) e boldo-baiano (Vermonia condensata), com diferentes propriedades. Neste artigo, falaremos sobre os benefícios, indicações e contraindicações do boldo-do-chile, também conhecido como boldo-verdadeiro.

boldo-do-chile-contra-indicações

Boldo-do-chile: para que serve

Entre os benefícios do boldo-do-chile para a saúde, podemos citar:

Tem efeito digestivo. A Planta estimula a produção e liberação de secreções gástricas, melhorando o processo de digestão dos alimentos.

Previne os gases. Ele evita a formação de gases durante o processo digestivo. Isso ocorre pela melhora da digestão, o que diminui os resíduos de alimentos, que ao serem fermentados por bactérias liberam gases.

PROPAGANDA

Protege o fígado. O boldo contém substâncias, como a boldina e flavonoides, que lhe conferem propriedades protetoras do fígado.

Evita a formação de pedras na vesícula. A boldina, alcaloide presente no boldo-do-chile, estimula o funcionamento da vesícula biliar e seu consumo é capaz de mudar a composição química da bílis, evitando a formação dos cálculos biliares.

Ajuda a combater os vermes. O boldo-do-chile contém várias substâncias anti-helmínticas, incluindo uma chamada ascaridol, que faz com que os parasitas intestinais se desprendam do tecido ao qual estão aderidos, além de ter efeito tóxico para os vermes.

Evita a retenção de líquidos. Favorece a eliminação adequada de líquidos pelo organismo, evitando o inchaço causado pela retenção hídrica.

Melhora a prisão de ventre. Como possui efeito laxante suave, pode ajudar a tratar casos de prisão de ventre.

Atua contra a insônia. Contém substâncias com efeitos calmante e sedativo sobre sistema nervoso. Por isso, seu chá é recomendado para combater a insônia, o estresse e a ansiedade.

É anti-inflamatório. Diminui a produção de prostaglandinas, substâncias importantes para os processos inflamatório. Em função disso, seu uso também é indicado para portadores de reumatismo e artrite.

Auxilia no tratamento da infecção urinária.

A planta apresenta ação contra as bactérias do tipo E. coli, responsáveis por grande parte dos casos de infecção do trato urinário. Por essa razão, seu uso ajuda a prevenir e tratar a cistite. Entretanto, o uso do boldo não substitui o tratamento prescrito pelo médico, que em geral é feito com antibióticos.

Boldo-do-chile emagrece?

O chá de boldo-do-chile pode ajudar a emagrecer, já que melhora o processo digestivo e possui efeito diurético. Isso não quer dizer que apenas consumi-lo, sem adotar uma alimentação equilibrada e praticar algum tipo de atividade física, levará à perda de peso. Infelizmente, não existe fórmula mágica para emagrecer com saúde.

Como usar:

Ele não é cultivado no Brasil. Por isso, a infusão preparada com suas folhas desidratadas (importadas) é a melhor forma de aproveitar seus benefícios.

É importante observar certos aspectos na hora de comprar o boldo. Dê preferência às folhas secas da planta vendidas embaladas, com indicação de data de validade, procedência e nome científico (Peumus boldus).

As folhas de boldo-do-chile não devem ser fervidas, pois isso pode anular os efeitos medicinais de alguns de seus princípios ativos.

Também é possível encontrar em cápsulas. Nesse caso, deve-se seguir as instruções de uso do fabricante. Tanto as folhas desidratadas quanto suas cápsulas podem ser encontradas em lojas especializadas em produtos naturais e farmácias de manipulação.

Modo de preparo:

Para fazer 1 xícara de chá, utilize 1 colher (de sopa) de folhas secas. Ponha a água no fogo e as folhas secas dentro de uma xicara ou copo. Quando a água entrar em ebulição, despeje sobre as folhas de boldo-do-chile até completar a xícara. Tampe e deixe assim até atingir uma temperatura suportável para o consumo. É aconselhável beber o chá logo após o preparo, para aproveitar ao máximo suas propriedades.

A indicação de consumo é de 2 xícaras ao dia, no máximo.

Essa Planta Aborta?

O boldo-do-chile não deve ser usado por mulheres grávidas, já que a boldina pode provocar aborto e ainda causar malformação do feto. Também não deve ser consumido em nenhuma etapa da gestação, pois pode, inclusive, induzir um parto prematuro.

Boldo-do-chile: contraindicações

Como dito anteriormente, grávidas não podem consumir o boldo-do-chile. Pessoas com dificuldade de coagulação sanguínea também só devem usar sob orientação médica, já que ele reduz a agregação plaquetária.

O boldo-do-chile pode ainda interagir como medicamentos anticoagulantes, como a varfarina, potencializando seus efeitos.

Não se deve consumir por mais de 4 semanas consecutivas. Embora tenha um efeito protetor sobre o funcionamento do fígado, o uso em excesso, ou por um período superior a 4 semanas, pode ter efeitos tóxicos para esse órgão.

Leia Também:
Cravo-da-Índia:Indicações,Contra Indicação e Como Usar

Erva-Doce: Aprenda Como Usar e Conheça Seus 10 Benefícios!

Fedegoso: Benefícios,Contra-Indicações e Dicas.

Vimos que são muitas as propriedades medicinais da planta, sobretudo para o tratamento de problemas relacionados ao trato digestivo. Ele também exerce uma importante ação bactericida e auxilia na perda de peso.

Como outras plantas medicinais, é preciso estar atento às contraindicações do boldo-do-chile e consumi-lo em quantidades adequadas, para sentir apenas seus efeitos benéficos. Esperamos que nosso artigo tenha ajudado a conhecer melhor ou tirar suas dúvidas sobre esse incrível remédio natural que é o boldo-do-chile.

PROPAGANDA