Dominio: dietaeboasaude.com.br
Chave: ab8b1f68be3ecb0416f17e34674787df2398239f
Hora do cache: 1511271490
Vida do cache: 1511314690
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: a32908f9025b7eac536fee146652bdce4086e4b5
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Doenças Doenças Crônicas

Artrite Reumatoide: Como ela se desenvolve e como conviver.

Artrite Reumatoide: Como ela se desenvolve e como conviver.
5 (100%) 1 vote

A artrite reumatoide é classificada como uma doença crônica, assim, quem a possui terá que conviver com ela pelo resto da vida. É uma patologia comum, especialmente entre as mulheres e está no grupo das doenças reumatológicas. De acordo com os dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia, 1% da população pode chegar a desenvolver a doença.

Para conviver com a doença, a melhor opção é se informar. Descubra um pouco mais sobre a patologia!

O que é artrite reumatoide e como se desenvolve?

Além de ser uma doença de ordem crônica, a artrite reumatoide também é de natureza autoimune. Isso significa que as próprias células de defesa do nosso corpo atacam a articulação e passam a destruí-la. Ocorre uma inflamação do tecido fibroso existente nas articulações.

artrite reumatoide artigo

A partir disso, a cartilagem começa a ser desgastada e lesionada. Para os mais idosos, a reparação dos tecidos é, naturalmente, lenta. Assim, não ocorre uma reposição desse tecido e os ossos passam a não ter mais essa proteção que funciona como um sistema de amortecimento.

A consequência disso é que os ossos passam a atritar entre sim – o fêmur e a tíbia, por exemplo – e inicia-se um processo de desgaste que causa dor e limitação de movimentos.

Como conviver com ela?

Não há ainda uma forma eficaz de prevenção da artrite reumatoide já que ainda não se sabe de fato porque as células de defesa atacam o tecido o próprio corpo. Porém, saber como conviver com o diagnóstico é essencial para evitar dores e problemas sérios nas articulações.

1. Coma alimentos ricos em estrogênio

A artrite reumatoide tem prevalência em mulheres na menopausa. Isso se deve ao fato da mulher parar de produzir o estrogênio que, de alguma forma, interfere com o sistema imune. Porém, é algo que ainda está em estudo.

Pelo sim ou pelo não, o melhor é cuidar da saúde. O estrogênio é bom para a nossa saúde em diversos aspectos e assim, comer alimentos ricos nessa substância é importante. Alguns exemplos são soja, milho, centeio, feijão, erva-doce e muitos outros.

2. Perca peso

Como a artrite reumatoide costuma atingir as articulações, especialmente os joelhos, pessoas que estão acima do peso costumam sentir mais dor por conta da pressão exercida.

Assim, controle a sua alimentação e, se possível, consulte um nutricionista para que ele possa adequar a sua dieta a sua condição. Praticar exercícios e mudar alguns hábitos (subir escadas e não usar o elevador, por exemplo), podem ajudar no emagrecimento.

3. Pratique exercícios

Os exercícios físicos não vão evitar que a doença avance, mas pode retardar e muito os sinais e sintomas. Com a musculatura mais fortalecida, o paciente não limita a sua amplitude de movimento e nem fica restrito a certos ambientes.

O nosso corpo foi feito para estar sempre em movimento e mantê-lo ativo é uma das armas mais eficazes que temos nas mãos para conviver com a artrite sem muitos problemas. Além disso, a mobilidade articular ajuda a liberar o líquido sinoval que melhora a lubrificação da região.

Opte por exercícios de baixo impacto como natação ou hidroginástica. Exercícios na água oferecem um sistema melhor de amortecimento.

4. Faça fisioterapia

A fisioterapia é muito importante para pessoas que possuem a artrite reumatoide. Ela consegue fortalecer a musculatura, aumentar a amplitude de movimento e melhora a condição do paciente como um todo.

Caso a dor esteja muito intensa, é possível realizar a hidroterapia, ou seja, executar os mesmos movimentos do solo, só que na água. A temperatura fica em torno de 38º C, ajudando os músculos a relaxar.

Dores matinais e articulares são bem típicas da artrite reumatoide. Assim que elas aparecerem e se tornarem frequentes, marque uma consulta e vá ao médico para fazer os exames necessários.

Artrite Reumatoide: Dicas de Como Controlar.

Leia Também:

Além da artrite reumatoide, outra doença que acomete principalmente as mulheres e que se dá nos ossos é a osteoporose. Saiba mais sobre essa patologia e como conviver com ela da melhor maneira!

Gostou Comente no Facebook