Ácido Úrico: Tudo a Respeito

Desconfia de que está com ácido úrico em excesso no organismo ou simplesmente está tudo bem, mas deseja saber informações sobre o tema? Nesta matéria, você poderá descobrir tudo a respeito do assunto e terá todas as suas dúvidas esclarecidas no que diz respeito ao ácido úrico. Fique por dentro!

Ácido úrico: é bom ou ruim?

Todo alimento, após a digestão, possui sua parte boa (utilizada pelo corpo) e a parte que o organismo dispensa. O ácido úrico se forma justamente quando um elemento encontrado em alguns alimentos (purina) se decompõe e, a princípio, não oferece riscos já que sua eliminação é realizada após a filtragem dos rins, através da urina.

ácido úrico tem cura

Acontece, porém, que se houver uma produção exagerada do ácido úrico ou qualquer probleminha no rim que impeça tal substância de ser eliminada, aí sim faz mal à nossa saúde. Em decorrência disso, algumas doenças aparecerão e, portanto, você precisará se cuidar, diminuindo a ingestão de tudo o que origina a produção de ácido úrico.

Em suma, as principais causas do aumento de ácido úrico na corrente sanguínea são:

  • tem muito dessa substância sendo produzida no organismo (muita purina ingerida)
  • o paciente não está urinando o suficiente
  • algumas medicações estão interferindo e gerando o excesso de ácido úrico

A seguir, veja as consequências desse problema e o que você pode fazer para amenizar a situação até obter o controle que precisa dos níveis de ácido úrico. Você verá que, seguindo algumas orientações, não será necessário ficar preocupado(a).

O que o ácido úrico em excesso causa

Se uma pessoa estiver com excesso de ácido úrico, isso quer dizer que há “cristaizinhos” acumulados em diversas partes do organismo, parecidos com microagulhas. Normalmente, as regiões mais propensas a sofrerem com isso são:

  • tornozelos, cotovelos, joelhos e demais articulações
  • no tecido renal (rins)
  • a pele

Mas vale lembrar que outros membros e lugares em nosso corpo também podem ser afetados. Uma vez que o organismo está com acúmulo de microcristais de urato, os males abaixo surgem:

  • artrite nível agudo de ordem secundária com muita dor em cada dedo dos pés, no calcanhar, tornozelo, joelho e outras articulações.
  • gota – porém essa doença costuma atingir mais quem já tem algum caso na família bem como indivíduos já na fase adulta do sexo masculino.
  • cálculo renal em um ou ambos os rins, gerando também crises dolorosas.
  • insuficiência dos rins seja a nível crônico ou agudo.

Alimentos que aumentam o ácido úrico

Essa informação é muito importante tanto a quem não sofre do problema e quer se prevenir quanto aos que estão com ácido úrico em excesso e precisam se tratar.

Você deverá evitar:

  • carnes, principalmente de vaca
  • a maioria dos peixes
  • partes miúdas de frango e demais animais
  • outros alimentos provenientes do oceano
  • cerveja (contém altas quantidades de purina)
Além de saber sobre os alimentos “vilões”, assim dizendo, é preciso entender que outras atitudes também devem ser tomadas:
  • evite atividades que exijam muito esforço físico
  • evitar medicações antiinflamatórias
  • não tome medicações diuréticas

O que fazer para eliminar ácido úrico do corpo

Acredita-se que é possível conseguir tratar o problema tomando leite e ingerindo produtos que derivam deste. Além disso, é importante manter uma alimentação balanceada, sem proteínas de carnes vermelhas como dito acima e com refeições pouco calóricas.

  • É imprescindível que você tome muito líquido, preferencialmente água.
  • Pare de utilizar comidas enlatadas e industrializadas.
  • Coma frutas (mas não em excesso) diariamente e folhas verdes.

Ácido úrico: alimentos a ser evitados e como manter o controle.

Ácido Úrico Baixo ou Alto, Tutorial Passo a Passo Com Imagens.

Sintomas,Tratamentos,Orientações, Mitos e Verdades.

Leia também:

Bom, essas são minhas dicas sobre ácido úrico. Espero que lhe sejam úteis. Qualquer dúvida, basta deixar um comentário!